Novembro Azul: Informações gerais sobre câncer de próstata

Por Cristhiane Silva Pinto*

Meus queridos leitores, hoje o recado principal é para os meninos, afinal, o novembro azul é voltado para o diagnóstico precoce do câncer de próstata.

A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão muito pequeno, tem forma de maçã e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto. A próstata envolve a porção inicial da uretra, produz parte do sêmen, sendo também responsável pela produção de hormônios.

Próstata

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens e no mundo é o sexto, representando cerca de 10% do total de tumores malignos. Dados do Instituto Nacional do Câncer para o Brasil:

Estimativa de novos casos: 68.800 (2014)
Número de mortes: 13.129 (2011)

Sua maior incidência está acima dos 65 anos de idade, embora 15% dos casos ocorram abaixo dessa faixa etária, nesses casos, assume caráter mais agressivo. Costuma ter o crescimento local insidioso, porém, em algumas apresentações, pode acometer órgãos à distância, o que denominamos de metástases.

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata (dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou a noite). Na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários e, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

Dividimos as estratégias de Detecção Precoce em dois momentos diferentes: Diagnóstico Precoce (pessoas com sintomas iniciais) e Rastreamento (pessoas assintomáticas). Ainda não existe consenso de que o papel do rastreamento muda de forma significativa o controle da doença e por isso ele não é recomendado como uma estratégia de saúde pública. fonte: INCA – Rastreamento de Próstata Resumido 2013

O diagnóstico inicial é feito através de achados no exame clínico (toque retal) combinados com o resultado da dosagem do antígeno prostático específico (PSA, na sigla em inglês) no sangue.  No caso dos exames mostrarem alguma anormalidade, é indicada a ultrassonografia pélvica (ou prostática transretal), que norteará a indicação de se realizar a biópsia prostática transretal. O diagnóstico de certeza é feito pelo estudo histopatológico do tecido obtido na biópsia.

Para doença localizada, cirurgia e/ou radioterapia podem ser indicados. Para doença localmente avançada, radioterapia ou cirurgia em combinação com tratamento hormonal têm sido utilizados. Para doença metastática (quando o tumor original se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento de eleição é a terapia hormonal. Cabe salientar que o tratamento deve ser individualizado e sempre direcionado para as particularidades, anseios, crenças e estilo de vida de cada paciente em questão.

Ao longo desse mês falaremos mais sobre câncer de próstata, pois nossa obrigação é esclarecer o maior número possível de pessoas. Vamos conversar sobre o novembro azul com amigos, parentes, maridos, namorados, conhecidos. Vamos nos vestir de azul, arregaçar as mangas e partir pra luta contra mais esse vilão: Afinal de contas, o câncer de próstata, quando descoberto precocemente, tem cura e possibilita a manutenção real da qualidade de vida!

Até a próxima!

*Cristhiane Silva Pinto é médica especialista em Cuidados Paliativos e Bioética. Atua nas Unidades de Cuidados Paliativos do INCA e da OncoVitae.

Sobre oncovitae

Clínica de oncologia em Botafogo, Campo Grande, Madureira e Tijuca - Rio de Janeiro. Consultas oncológicas, cururgia oncológica, quimioterapia, psiconcologia, nutrição oncológica. Convênio ou particular.

1 Resposta

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s