Mês da Mulher – Frida Kahlo

Por Cristhiane Silva Pinto*

O mês de março é marcado por um dia muito importante para nós, o Dia Internacional da Mulher. Para lembrar a luta e as conquistas das mulheres, durante esse mês falaremos um pouquinho sobre várias mulheres que mudaram o mundo com seu trabalho e sua forma de pensar, seja no campo das artes ou no das ciências.

Frida Kahlo

Frida_Kahlo_AutorretratoMagdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón, como seu nome aparece na sua certidão de nascimento, nasceu em 06 de julho de 1907 em Coyoacán, Cidade do México.

Em 1913, com seis anos, Frida contraiu poliomielite, a primeira de uma série de doenças, acidentes, lesões e operações que sofreu ao longo da vida. A poliomielite deixou uma lesão no seu pé direito, passou a usar calças, depois longas e exóticas saias, que se tornaram uma de suas marcas pessoais.

Em 1925, aos 18 anos, um bonde, no qual viajava, chocou-se com um trem. O para-choque de um dos veículos perfurou-lhe as costas, atravessou a sua pélvis e saiu pela vagina, causando uma grave hemorragia. Frida ficou muitos meses entre a vida e a morte no hospital, teve que operar diversas partes e reconstruir por inteiro seu corpo, que estava todo perfurado. Esse acidente comprometeu seu útero, fazendo com que sofresse diversos abortos espontâneos ao longo da vida. Também destruiu permanentemente sua coluna, obrigando-a a usar diversos coletes e ter que suportar ao longo de toda vida crises terríveis de coluna e dores terríveis, um dos motivos de ter tentado suicídio diversas vezes.

Frida_Kahlo_Coluna

Anteriormente, no mesmo ano, tinha aprendido a técnica da gravura. Durante a sua longa convalescença começou a pintar, usando um cavalete adaptado à cama. Frida se retratou vestindo alguns dos diversos coletes ortopédicos que passou a usar depois do acidente (como o colete de gesso em “A Coluna Partida”).

Frida_Kahlo_Pintando_na_Cama

Em 1928, filia-se ao Partido Comunista Mexicano. Lá conheceu o muralista Diego Rivera, com quem se casa no ano seguinte. Passa a utilizar em suas pinturas zonas de cor amplas e afirmar a identidade nacional mexicana, adotando com muita frequência temas do folclore e da arte popular do México.

Frida Kahlo mostra um de seus coletes pintados, com o símbolo do Partico Comunista.
Frida Kahlo mostra um de seus coletes pintados, com o símbolo do Partido Comunista

Em 1938 André Breton qualifica sua obra de “surrealista” em um ensaio que escreveu para a exposição de Kahlo na galeria Julien Levy de Nova Iorque. Não obstante, ela mesma declarou mais tarde: “Pensavam que eu era uma surrealista, mas eu não era. Nunca pintei sonhos. Pintava a minha própria realidade.”

Frida_Kahlo_Pintando_México

Em 1939 expõe em Paris na galeria Renón et Colle. A partir de 1943 dá aulas na escola La Esmeralda, no D.F. (México). Em 1953 a Galeria de Arte Contemporânea desta mesma cidade organiza uma importante exposição em sua honra.

Em 13 de julho de 1954, Frida Kahlo, que havia contraído uma forte pneumonia, foi encontrada morta. Seu atestado de óbito registra embolia pulmonar como a causa da morte. Mas não se descarta a hipótese de que tenha morrido de overdose (acidental ou não), devido ao grande número de remédios que tomava. A última anotação em seu diário, que diz “Espero que minha partida seja feliz, e espero nunca mais regressar – Frida”, permite a hipótese de suicídio.

De todos os artistas mexicanos Frida Kahlo é hoje a mais influente na arte mundial.

Frida_Kahlo_Pintando_Autorretrato

*Cristhiane Silva Pinto é médica especialista em Cuidados Paliativos e Bioética. Atua nas Unidades de Cuidados Paliativos do INCA e da OncoVitae.

Sobre oncovitae

Clínica de oncologia em Botafogo, Campo Grande, Madureira e Tijuca - Rio de Janeiro. Consultas oncológicas, cururgia oncológica, quimioterapia, psiconcologia, nutrição oncológica. Convênio ou particular.

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s